Após flexibilização, RJ tem grande circulação de pessoas em comércios e praias

0
22

Com a flexibilização, bares, lanchonetes, restaurantes e quiosques da orla puderam voltar a receber clientes presencialmente. O consumo será permitido nos estabelecimentos para pessoas sentadas às mesas e até as 21h.

Os setores de serviços e o comércio também puderam voltar a receber clientes, mas com escala no expediente. Os horários de funcionamento foram ajustados para tentar diminuir a quantidade de pessoas nos transportes coletivos

Prestação de serviços estão liberadas entre 12h e 21h, comércio entre 10h e 18h e órgãos não essenciais da administração pública entre 8h e 17h. Além disso, museus, galerias, cinemas, circos, aquários e zoológicos terão visita permitida entre 12h e 21h. Clubes sociais e esportivos funcionam até 21h.

Ocupação de leitos de UTI
Depois de duas semanas de medidas restritivas e dez dias de recesso sanitário, a capital fluminense segue com altas taxas de ocupação de UTI e com 115 pacientes aguardando por um leito. No entanto, o número de atendimentos nas redes de urgência e emergência de pessoas com sintomas de síndrome gripal caiu em torno de 15%, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui