As praias mais desertas do litoral nordestino

0
5

O Nordeste do Brasil tem fama internacional. As águas mornas do Oceano Atlântico, as praias paradisíacas, a culinária encantadora e o povo acolhedor são algumas das razões para que a região do país se tornasse mundialmente famosa.

A busca é tanta que, na alta temporada, chega a ficar impossível transitar nas praias mais famosas das capitais. Apesar de o agito fazer parte dos critérios de muitos na hora de escolher um destino, existem aqueles que querem exatamente o contrário: o sossego.

Por incrível que pareça, a região nordestina também é o lugar ideal para quem busca praias desertas. Por seu litoral extenso, existem verdadeiros tesouros escondidos por ali. Confira algumas das preciosidades pouco conhecidas desse litoral mágico.

Atins, Maranhão

Localizado na entrada do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Atins fica na foz do rio Preguiças. O difícil acesso ao vilarejo faz com que esse seja um destino ideal para quem quer fugir das multidões que visitam o estado todos os anos. Com ar rústico e charmoso, Atins deve entrar na lista de quem procura praias desertas.

Como a quantidade de água nas lagoas varia ao longo do ano, escolher a data correta para realizar a viagem é essencial para desfrutar do que Atins tem a oferecer por completo. Entre os meses de junho e setembro, as condições são perfeitas para uma visita encantadora.

Mesmo não sendo um destino badalado em nenhum momento do ano, os meses de agosto e setembro, baixíssima temporada, são os ideais para quem busca ainda mais sossego.

Praia do Arrombado, Piauí

Localizada na cidade de Luís Correia, há cerca de 360 km de distância da capital Teresina, a Praia do Arrombado é um destino certeiro para quem procura tranquilidade no litoral do estado do Piauí. Por seu difícil acesso, de estrada não pavimentada, a praia é pouquíssimo visitada, ideal para quem  busca relaxar.

A escolha do nome da praia ocorreu devido às ondas fortes que quebram na faixa de areia da localidade, o que também é um alerta, em especial, para quem pretende viajar com crianças.

Vila do Preá, Ceará

Apesar de ser localizada a apenas 20 km da balada Jericoacoara, a Vila do Preá tem uma atmosfera bem diferente de sua vizinha famosa. A pequena comunidade é pouquíssimo visitada e esconde encantos de uma natureza bem preservada.

Lagoas cristalinas, areia branca e coqueiros a perder de vista compõem a paisagem da localidade. As ruas de terra e as casinhas humildes locais contrastam com as estadias luxuosas que se instalaram na região.

São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte

Com um nome que dá gosto, o pequeno município tem apenas 10 mil habitantes e é considerado a esquina do Brasil, devido à sua localização geográfica especial. Exatamente por isso, São Miguel do Gostoso também recebe ventos fortes, que atraem praticantes de kitesurf.

Mesmo a presença dos atletas não interrompe a energia paradisíaca e deserta da localidade, que é pouco visitada de maneira geral. Por não existirem calçadões e barracas ambulantes, o litoral de São Miguel do Gostoso é um oásis de paz e descanso.

Praia da Baleia, Ceará

De difícil acesso, a Praia da Baleia, a apenas 170 km da capital Fortaleza, tem extensa faixa de areia, o que deixa o local ainda mais deserto. O mar esverdeado, as lagoas cristalinas, as dunas e as falésias compõem o cenário dessa localidade para lá de especial.

Apesar de ser relativamente perto da capital, a viagem de carro pode durar até quatro horas. Isso porque a estrada não é pavimentada, nem há sinalização que indique o caminho. Aliás, a difícil estrada requer que o trajeto seja feito em veículos 4×4 ou bugues. Quem pretende visitar esse paraíso, deve se organizar com antecedência, mas não irá se arrepender.

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui