Bairros próximos as praias lideram no número de denúncias de aglomerações em Vila Velha

0
62

Na tentativa de frear o avanço do novo coronavírus, o Governo do Espírito Santo implementou uma série de medidas para o funcionamento dos comércios no Estado. Entretanto, alguns comerciantes insistem em descumprir o decreto que determina a abertura das lojas em dias alternados conforme o tipo de produto vendido, e em horários específicos.

As prefeituras fiscalizando estes estabelecimentos e disponibilizando formas da população denunciar os estabelecimentos que funcionam de forma irregular. Canais de ouvidoria e Whatsapp, são alguns exemplos. Os bairros com denúncias mais frequentes são os que ficam próximo as praias.

De acordo com a Secretária de Desenvolvimento de Vitória, Jardim Camburi, bairro com o maior número de casos em todo o Estado, é também líder no nas reclamações. Ao todo, foram recebidas 401 denúncias por meio do canal 156, site e aplicativo da Prefeitura. Jardim da Penha também tem um número alto: foram 245 denúncias e 185 vistorias.

Na capital, as ações ocorrem desde o dia 21 de março, e são realizadas pelos agentes da prefeitura, com o apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros.

Em Vila Velha, município capixaba que lidera no número de caso, as informações são coletadas pela Guarda Municipal por meio de um robô de Whatsapp. Coqueiral de Itaparica lidera no número de denúncias de pontos de aglomerações, 5,3% das denúncias do município foram recebidas na região. Praia da Costa, com 4,8% e Itapuã, com 3,9%. Em seguida, aparecem bairros tradicionais como Aribiri (3,4%), Glória (3,2%), Ataíde (2,4%), Santa Inês (2,2%), Ibes (1,8%), Paul (1,7%) e Soteco (1,6%).

O canal está disponível desde o dia 07 de Maio e já recebeu, até as 12h desta quarta-feira (13), 1.212 denúncias de aglomerações em todo o município. Os estabelecimentos que mais causam reclamações são os bares (35,5%), depois as ruas (20,1%) e o comércio em geral (9,7%).

O secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Oberacy Emmerich Junior, destaca a importância de utilizar a tecnologia como aliada ao combate a pandemia. “O uso de novas de tecnologias que venham facilitar e estabelecer novos canais de comunicação do munícipe com a Administração é sempre muito positivo e bem-vindo. Por isso, já temos alcançado resultados positivos com relação aos atendimentos de aglomerações para prevenirmos contágios da covid-19 “, afirma.

Em Vila Velha, a população pode realizar denúncias por meio do Whatsapp (27) 99802-5324. A pessoa deve enviar um “Olá”, para iniciar o atendimento do robô virtual “Plantão Coronavírus Vila Velha”. O robô responde com uma lista de serviços que você pode acionar enviando os números de 1 a 9. Um de cada vez. Para denunciar aglomerações, a opção é o número 8.

As informações são enviadas em tempo real para a Guarda Municipal e são mantidas em sigilo. O canal de serviços foi desenvolvido pela equipe de Comunicação da Prefeitura de Vila Velha.

Na Serra, segunda na lista das cidades com mais casos, a ouvidoria já recebeu, entre os dias 01 de Abril e 11 de Maio, 284 denúncias de funcionamento irregulares.

Na Serra, as denúncias podem ser realizadas, das 8 às 17h, pelos telefones: 0800 283 9780, (27) 3291-2011. Para tirar dúvidas e pedir orientações, o morador pode ligar para (27) 99624-0223. Após esse horário, também é possível acessar o site da ouvidoria.

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui