Cidades do litoral de SP abordam mais de 3,5 mil pessoas em praias fechadas durante o fim de semana

0
51

No primeiro fim de semana oficial da fase emergencial do Plano São Paulo, em que praias e parques ficam fechados, mais de 3,4 mil pessoas foram abordadas na faixa de areia dos municípios da Baixada Santista. Segundo apurado pelo G1, entre sábado (20) e domingo (21), a Guarda Civil Municipal (GCM) das cidades realizou fiscalizações que resultaram em pelo menos 3.536 abordagens.

O fechamento de praias foi determinado após o alto número de contaminações pela Covid-19. Praia Grande foi a cidade que mais realizou abordagens na faixa de areia, orientando 1.506 pessoas ao todo. De acordo com a prefeitura, nos dois dias, apenas uma pessoa precisou ser detida e encaminhada à delegacia por desobediência.

A Guarda Civil Municipal de São Vicente realizou mais de 1.400 abordagens por descumprimento às regras de acesso e permanência nas praias neste fim de semana. A prefeitura ainda informou que oito multas foram aplicadas pela ausência da máscara. A administração municipal reitera que as pessoas também podem colaborar, denunciando à GCM pelo telefone 153.

Prefeitura de São Vicente, SP, bloqueou a entrada das praias para impedir o acesso de moradores e turistas — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Vicente

Prefeitura de São Vicente, SP, bloqueou a entrada das praias para impedir o acesso de moradores e turistas — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Vicente

Santos somou 170 abordagens a pessoas que estavam na faixa de areia e calçadão. Além de orientar pessoas que descumpriram a regra, aplicou 22 multas em pessoas que não utilizavam as máscaras. A Prefeitura de Bertioga também abordou banhistas por desrespeito à determinação de não entrar nas praias, 250 ao todo nos dois dias.

Guarujá informou que não contabilizou o total de pessoas abordadas nas praias. Apesar de não ter um número preciso, a fiscalização aconteceu em diversas praias do município. Houve orientação por som abusivo e duas ocorrências na Praia de Pernambuco, referente a veículos na faixa de areia que ficaram atolados devido à alta da maré.

A fiscalização também realizou ação de ordenamento nas praias de Pitangueiras, Enseada, Perequê e Pernambuco, com a retirada de banhistas aglomerados na faixa de areia. Na Praia do Perequê, a GCM interrompeu uma festa com cerca de 300 pessoas.

Guardas fizeram fiscalização na Praia do Perequê, em Guarujá, SP — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá

Guardas fizeram fiscalização na Praia do Perequê, em Guarujá, SP — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá

Em Itanhaém, a Secretaria de Trânsito e Segurança, por meio da Guarda Civil Municipal, trabalhou com cinco equipes ao longo dos mais de 25 quilômetros de praias no município, orientando sobre a não permanência na faixa de areia. A prefeitura informou que não foi contabilizado o número de orientações. Peruíbe teve 60 abordagens, com duas resistências. Apesar disso, as pessoas foram embora por conta própria, sem necessidade de serem encaminhadas para algum distrito policial.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui