Com expectativa de praias cheias, o que esperar do Litoral Norte para o próximo feriadão

0
11

Municípios fazem adequações para garantir a segurança dos moradores e turistas

A combinação de sol e final de semana estendido é o atrativo perfeito para levar os gaúchos para o Litoral Norte. Se a previsão de tempo firme e temperatura amena se concretizar, o Feriado de Finados, que ocorre na próxima segunda-feira (2), tem tudo para ser de praias lotadas, como no último dia 12. A expectativa do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Litoral Norte (SHRBS-LN) é otimista para a data: apesar das restrições, estima-se uma lotação de 100% dos leitos disponíveis em toda a costa norte do Estado.

Em respeito ao decreto estadual, a rede hoteleira pode operar com apenas 60% da capacidade nas regiões com bandeira laranja, limitando a quantidade de hóspedes. Por outro lado, os estabelecimentos estão autorizados a oferecer aos turistas algumas atrações antes vedadas, como as piscinas, por exemplo. Nesses ambientes, há limitação no número de pessoas e cuidados com o distanciamento entre elas, afirma Ivone Ferraz, presidente do SHRBS-LN. As saunas, no entanto, ainda são mantidas fechadas.

No começo desta semana, a ocupação dos leitos do Litoral Norte já chegava a 80%. A estimativa de Ivone, porém, é de que se chegue ao total de vagas antes mesmo do fim de semana:

 —  Nenhuma praia está com lotação total, mas até quarta (28), vamos chegar aos 100%.

Diante da expectativa, a presidente do sindicato sugere que os turistas agilizem as reservas para não correrem o risco de ficar sem estadia. Além disso, ela recomenda que os hóspedes procurem estabelecimentos regularizados.

 —  Tem os irregulares, que não oferecem álcool, extintor de incêndio, não oferecem segurança. É importante tomar cuidado nesse processo  —  alerta.

Comércio e restaurantes abertos 

Além de oferecer a beira-mar ou a infraestrutura dos hotéis, as praias do Litoral Norte ainda estão com bares e restaurantes em operação, de acordo com a normas sanitárias em vigor. Sem limite de horário para funcionamento, os locais devem ficar atentos aos cuidados com o distanciamento entre as mesas.

Na orla de Capão da Canoa, por exemplo, os quiosques foram autorizados a abrir ao público. Conforme o secretário de Turismo, Indústria e Comércio do município, Everson Michel, a ideia é justamente contar com o auxílio dos permissionários para evitar possíveis aglomerações. Fora isso, eles tiveram a área ampliada, a fim de aumentar o distanciamento entre as mesas. O comércio também funciona normalmente, seguindo as regras.

Municípios determinam as normas 

Regidas pelo decreto estadual, as praias também definem algumas regras específicas para seus municípios. Em comum, a determinação para o uso de máscaras e fiscalização do cumprimento das medidas de distanciamento, coibindo aglomerações. Confira algumas normas:

André Ávila / Agencia RBS
No último feriado, turistas respeitaram o uso de máscara na orlaAndré Ávila / Agencia RBS

Capão da Canoa 

O secretário de Turismo, Indústria e Comércio do município, Everson Michel, destaca o uso obrigatório de máscara, inclusive na beira da praia.

 —  É preciso bom senso. Sabemos que o pessoal quer tomar sol. Se tiverem em número maior, mas forem da mesma família, há flexibilização (em relação à aglomeração). Quando for caminhar na beira ou não estiver em um quiosque comendo, use máscara  —  recomenda.

Segundo Michel, o feriado de Nossa Senhora Aparecida foi um termômetro para o que está por vir e até mesmo para a temporada.

 —  Vamos usar os feriados como testes do que a gente planejou. Lotear a beira-mar creio que é impossível. Baseado nos exemplos que não deram certo, queremos fazer algo que dê certo.

Capão conta com o apoio da Brigada Militar, Ministério Público e agentes do próprio município para fiscalizar as aglomerações. Michel afirma que não houve multas por falta do uso de máscaras, porém diz que o desafio maior é conter as junções noturnas na orla.

 —  A maior dificuldade são as festas à noite. Tivemos isso no último feriado: as pessoas vão para o calçadão, abrem o porta-malas do carro e ficam. Isso não pode.

Imbé 

Depois de dois finais de semana tumultuados na região da Barra, a Secretaria de Segurança Pública e Trânsito organizou, em conjunto com o Brigada Militar (BM) local, o fechamento da área para o trânsito de veículos durante a noite no feriadão. A medida, explica o secretário Marco Antônio Emerim da Silva, será reforçada pelo patrulhamento da BM e da Guarda Municipal.

Marco Favero / Agencia RBS
Iluminação noturna na orla de ImbéMarco Favero / Agencia RBS

 —  Vai ocorrer o fechamento só à noite para os carros com o objetivo de evitar o som alto e as aglomerações. O local é um chamariz para os jovens  — justifica.

Dessa forma, a partir das 22h de sexta (30), sábado (31) e domingo (1), o fluxo de veículos ficará bloqueado entre a Avenida Rio Grande e a Rua Taquara (ao lado do hotel Samburá).

Ao longo do dia, além da Guarda e da BM, a Vigilância Sanitária também circulará pela praia, monitorando o cumprimento das regras impostas pela bandeira laranja.

Torres 

Omar Freitas / Agencia RBS
Omar Freitas / Agencia RBS

Com um público comparado a um “mini Réveillon” no último feriado, segundo Fernando Néry, secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Torres, o município se prepara para Finados com grande expectativa. A orla está liberada, assim como comércio, bares e restaurantes. Em razão da percepção de aumento no número de casos após o último feriadão, a administração municipal prevê reforço nas orientações sobre o uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento entre pessoas.

 —  Vamos fazer um trabalho forte com a comunidade local e pretendemos contar com a ajuda dos estabelecimentos. Temos a fiscalização da Secretaria da Fazenda, que auxilia a Vigilância Sanitária. Havendo alguma ligação, denúncia de aglomeração, os agentes vão ao local _ detalha Néry.

Na semana seguinte ao feriado, Torres retomará o calendário de eventos municipais com a realização do 1º Open Torres de Balonismo, que acontece de 11 a 14 de novembro. Com todos os cuidados necessários  —  testagem de equipes, reuniões virtuais e não divulgação dos pontos de partida, para evitar aglomerações — , mais de 10 balões devem colorir o céu da cidade.

 —  As pessoas vão ver os balões só no céu. Esperamos que seja um campeonato muito bonito, já que a gente não fez nosso festival de balonismo este ano  —  conclui o secretário.

Tramandaí 

A faixa da praia também está aberta ao público, no entanto, academias à beira-mar, canchas esportivas e praças seguem interditadas. Cabe à Guarda Municipal fiscalizar as aglomerações e o não cumprimento do uso de máscara.

Marco Favero / Agencia RBS
Praças e canchas esportivas seguem fechadasMarco Favero / Agencia RBS

 — Existe mais a recomendação, a multa só é aplicada se a pessoa insiste em não obedecer às orientações  —  explica Rojoel Amaral, secretário de Turismo e Desporto e respondendo à Secretaria de Indústria e Comércio de Tramandaí.

De acordo com o secretário, as pessoas respeitam as regras e não se opõem às orientações da fiscalização. site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui