Confira a situação das praias da Baixada Santista durante o carnaval

0
78

As cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, cancelaram as festas de carnaval e os pontos facultativos. Mesmo assim, a região devem ser procurada por turistas a partir desta sexta-feira (12). As praias continuarão abertas para a população, mas com restrições e o uso obrigatório de máscara.

As cidades da Baixada Santista optaram por cancelar o feriado. O cancelamento ocorreu após recomendações do governo estadual, com o objetivo de conter o aumento do número de contaminações pela Covid-19.

Todas as praias continuarão abertas para a população, mas com restrições. Cada prefeitura determinou medidas para evitar a transmissão da Covid-19 (veja abaixo). Além das praias, três cidades implantarão barreiras sanitárias para controlar o acesso de turistas.

As prefeituras alegam que estão seguindo as diretrizes da fase amarela do Plano São Paulo, quando a capacidade máxima passa a ser limitada a 40% de ocupação para todos os setores e o atendimento presencial ao público pode ser feito apenas até as 22h, em todos os setores, exceto no setor de bares, que pode funcionar até as 20h.

Veja a situação das praias por cidade:

 

  • Santos: proibido o uso de guarda-sóis, esteiras, tendas e barracas por banhistas, com permissão apenas às práticas esportivas individuais, com uso da máscara facial. Para os carrinhos de alimentação da faixa de areia, o limite é de dez guarda-sóis para cada um com duas cadeiras cada, atendendo por até 12 horas diárias. A Guarda Civil Municipal vai reforçar a fiscalização na orla da praia.
  • São Vicente: faixa de areia liberada apenas para atividades físicas individuais como corrida, caminhada, surf, além do banho de mar desde que mantido o distanciamento social.
  • Guarujá: liberadas para banhistas e está permitida a disponibilização, por cada ambulante ou quiosque, de no máximo 10 guarda-sóis, com duas cadeiras cada.
  • Bertioga: praias estão liberadas. A prefeitura recomenda que não montem mesas, cadeiras e guarda-sóis. Está proibido estacionamento na Avenida Tomé de Souza, também conhecida como avenida da praia, nos bairros Centro, Rio da Praia, Vista Linda e Indaiá.
  • Praia Grande: liberadas para prática de atividades físicas individuais, na areia e no mar, e a utilização de cadeira e guarda-sol. A atuação dos ambulantes ocorre dentro das diretrizes estipuladas pela administração municipal, com horário de entrada e saída da faixa de areia.
  • Itanhaém: liberadas para a prática de atividades esportivas e com respeito aos protocolos sanitários. Os comércios estão liberados respeitando o limite de 40% de ocupação e o período de funcionamento.
  • Mongaguá: orientação é para que os visitantes realizem apenas atividades físicas individuais nas praias.
  • Peruíbe: acesso liberado as praias para a prática de atividades físicas. Os quiosques podem funcionar pelo período máximo de 10 horas por dia, devendo fixá-lo na entrada do estabelecimento, respeitando o limite de funcionamento até às 22h e com 40% da capacidade. 
    site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui