Esgoto invade areia da praia de Porto de Galinhas e corre em direção ao mar

0
38

Considerada uma das praias mais famosas do Brasil, Porto de Galinhas, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco, sofre com a poluição. Nesta segunda-feira (15), um vídeo flagrou o momento em que o esgoto correu a céu aberto em direção ao mar.

O despejo de uma água escura e com mau cheiro chamou a atenção de visitantes e moradores. O flagrante foi registrado por volta das 11h.

Os vídeos enviados ao WhatsApp da TV Globo mostraram a água correndo pela areia, com bastante força. Ela saía de uma espécie de vala aberta na praia.

Esgoto invade areia da praia de Porto de Galinhas

Esgoto invade areia da praia de Porto de Galinhas

A água suja atingiu um local em que estavam comerciantes e clientes, que tiveram que sair da região por causa do problema.

Por meio de nota divulgada na noite desta segunda, a prefeitura de Ipojuca confirmou que se tratava de esgoto.

Esgoto correu a céu aberto na areia da praia em Porto de Galinhas, no Litoral Sul de Pernambuco — Foto: Reprodução/WhatsApp

Esgoto correu a céu aberto na areia da praia em Porto de Galinhas, no Litoral Sul de Pernambuco — Foto: Reprodução/WhatsApp

A administração municipal também disse que o vazamento ocorreu por causa das chuvas registradas em seis horas, nesta segunda.

A gestão municipal disse, ainda, que foi registrado um índice pluviométrico de 74,9 milímetros, nesse intervalo de tempo. Além disso, afirmou a prefeitura, “não há saneamento básico na praia de Porto de Galinhas”.

Segundo a administração, o processo de implantação da rede de esgotamento sanitário virou motivo de uma disputa judicial, desde a gestão anterior.

O município informou que a água da chuva provocou um “extravasamento das manilhas de escoamento pluvial”.

“A Secretaria de Infraestrutura realizou a desobstrução do lixo lançado nas ruas que entopem as galerias e a drenagem das canaletas para evitar novos rompimentos, caso a chuva no município permaneça”, disse.

A Prefeitura do Ipojuca informou, ainda, que conseguiu junto ao governo federal, através do Ministério das Cidades, recursos para realizar a obra em 2017, e que tem cobrado a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) solução para o problema de esgoto em Porto de Galinhas.

“A seleção para realização do esgotamento sanitário foi ganha pela Compesa. Coube a prefeitura, desde então, a cobrança para execução da obra”, afirmou a prefeitura no texto.

Procurada pela TV Globo, a Compesa informou que ainda não responde pelo esgotamento do município. As obras de saneamento do município fazem parte do programa Cidade Saneada e devem ser iniciadas em 2022, disse ainda a companhia.

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui