Feriado no Rio tem praias lotadas e cenas de desrespeito às regras de isolamento

0
15

O Dia de São Sebastião foi marcado pelo desrespeito ao isolamento social que continuou a se repetir nas praias do Rio. Nesta quarta-feira (20), feriado com sol forte na cidade, mais uma vez a orla ficou lotada de pessoas em aglomeração. Muitas delas, sem máscara.

No Leme e no Leblon, na Zona Sul, flagrantes da lotação na faixa de areia. Além disso, desde o último final de semana as áreas de lazer estão liberadas aos domingos e feriados. E ainda que esses espaços não estivessem lotados nesta quarta, era difícil encontrar alguém caminhando ou pedalando de máscara no rosto.

A prefeitura fez uma ação para conscientizar as pessoas no Aterro do Flamengo, também na Zona Sul. O local é um dos que são fechados ao trânsito de veículos aos domingos e feriados para servir como área de lazer à população.

O município distribuiu máscaras e reforçou a importância das medidas de isolamento durante a pandemia. Na orla, por outro lado, a equipe de reportagem não encontrou nenhuma fiscalização. Não havia guardas municipais, nem policiais militares repreendendo as aglomerações.

No Complexo de favelas da Maré, na Zona Norte, uma festa durou até a manhã desta quarta. Centenas de pessoas foram registradas pelo Globocop desrespeitando as regras de distanciamento. Também havia criminosos armados circulando no local.

A prefeitura informou que quem deve atuar nessas regiões conflagradas é a polícia. Mas a Polícia Militar disse que uma intervenção no baile traria riscos aos frequentadores.

Reunião no Palácio Guanabara sem máscara

 

O governador em exercício, Cláudio Castro, se reuniu nesta quarta com deputados federais da bancada do Rio de Janeiro para dar apoio à candidatura do deputado Arthur Lira, do Progressistas de Alagoas, à presidência da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Depois do encontro, houve uma entrevista coletiva. Mas o governador, o candidato à presidência da Câmara e outros convidados ficaram todos aglomerados. E muitos estavam sem máscara.

Em nota, o governo informou que lamenta o excesso de pessoas na coletiva, e que sempre orienta o uso de máscaras.

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui