Hotéis devem voltar a receber turistas a partir do dia 15 de julho em Cabo Frio, no RJ

0
36

Os hotéis de Cabo Frio devem voltar a receber turistas a partir do dia 15 deste mês. A liberação parcial dos meios de hospedagem para turismo de lazer foi anunciada pela Prefeitura nesta quarta-feira (1º), junto com outras medidas para a retomada gradual da economia do município.

Para a chegada de turistas à cidade, o acesso a veículos de passeio será permitido. Os ônibus e vans de fretamento, no entanto, ainda não poderão entrar na cidade.

As novas recomendações, exceto a referente aos hotéis, vão começar a valer a partir de sábado (4).

Entre as atividades que vão ser contempladas nesse afrouxamento está o de ambulantes, com exceção dos que trabalham nas praias, que devem permanecer com acesso proibido para banhistas e uso recreativo.

De acordo com a Prefeitura, a avaliação é feita com base nos índices diários de contaminação do novo coronavírus e pode ser reavaliada futuramente, caso a população não cumpra as medidas de prevenção e disseminação da doença, como utilizar máscara de proteção e evitar aglomerações.

Ainda de acordo com o município, integrantes do Gabinete de Gestão de Crise vem se reunindo desde segunda-feira (29) para o acompanhamento do cenário e reavaliação dos decretos.

As medidas devem ser publicadas em decreto na sexta (3), após a reunião de alinhamento com as autoridades do Ministério Público Estadual, segundo a Prefeitura.

Confira detalhes de algumas das medidas de flexibilização, que devem ser publicadas:

  • Ambulantes: autorizados a atuar a partir do dia 4 de julho em praças e ruas. Ficarão autorizados para o exercício de atividades os boxes de gastronomia, artesanato e vendas de artigos em geral, além das carrocinhas, food-trucks, trailers e congêneres, com a condicionante de não disponibilizar nesse primeiro momento mesas e cadeiras para clientes, ficando vedada qualquer modalidade de self-service.
  • Atividades: Ficam liberadas a partir de 4 de julho as modalidades de esportes individuais ao ar livre e a prática de atividades náuticas tais como: surf, body board, canoagem (individual ou em equipes) excetuando-se as que façam uso do solo público para locação desses materiais para fins de entretenimento; e o mergulho profissional e recreativo, com as condicionantes e exigências que serão estabelecidas no novo decreto.
  • Bares e Restaurantes: Haverá a permissão, a partir de 4 de julho, para a junção de até dois jogos de mesa perfazendo a capacidade total de até 6 pessoas do mesmo núcleo familiar. Continua suspensa a permissão da música ao vivo.
  • Meios de hospedagem para turismo de lazer, offshore e corporativo: Permitido funcionamento a partir de 15 de julho, utilizando capacidade máxima de 40%.

De acordo com a Prefeitura, para que as medidas de flexibilização sejam mantidas o município deverá estar, no máximo, na Zona Laranja de controle da pandemia da Covid-19.

Casos de Covid-19

A Secretaria de Saúde de Cabo Frio divulgou os novos números sobre a Covid-19 no município. Segundo o boletim, até esta quarta-feira (1°), foram registrados 903 casos confirmados do novo coronavírus na cidade, com 58 óbitos causados pela doença.

Ainda de acordo com o levantamento, 625 pessoas já se recuperaram da doença.

Dos 32 leitos de UTI da rede municipal de Cabo Frio, 17 estão ocupados, segundo o município.

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui