Ilhabela proíbe turismo na Praia de Castelhanos por prevenção ao coronavírus

0
36

A Prefeitura de Ilhabela proibiu o turismo na Praia de Castelhanos em prevenção ao coronavírus. A medida foi adotada após recomendação do Ministério Público Federal (MPF).

O decreto que proíbe o acesso de turistas à Praia de Castelhanos por tempo indeterminado foi editado pela prefeita Gracinha na última sexta-feira (24). A proibição acata uma recomendação do MPF, que alerta sobre os riscos de contaminação por coronavírus na comunidade caiçara que vive em Castelhanos.

No documento, a procuradora da República Maria Rezende Capucci destaca que a comunidade caiçara optou pelo isolamento voluntário e solicitou medidas do órgão para “impedir o acesso de pessoas estranhas ao território sem autorização da comunidade, tendo em vista, em especial, a confirmação de um caso de Covid-19 na comunidade tradicional da Baía dos Castelhanos”.

A procuradora ainda recomenda que a cidade garanta o isolamento da comunidade “até a reanálise do contexto da pandemia no território da comunidade e nova deliberação do grupo tradicional”.

Ilhabela registrou 746 casos e oito óbitos por coronavírus, de acordo com boletim publicado na última terça-feira (28). Segundo a Prefeitura de Ilhabela, três casos de Covid-19 foram em comunidades tradicionais.

No arquipélago, o acesso às praias é liberado apenas para prática esportiva individual ou em dupla desde junho. Uso de cadeiras e coolers, por exemplo, está proibido. Hotéis e pousadas foram autorizados a reabir no dia 15 de julho.

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui