PM usa drones para monitorar praias de Noronha e impedir surfe e banho de mar por causa de pandemia

0
60

A Polícia Militar está utilizando dois drones para monitorar as praias de Fernando de Noronha, neste período de pandemia do novo coronavírus. A quarentena rígida, que proibia a circulação de moradores pelas ruas terminou no domingo (10), mas a proibição de frequentar a orla está mantida.

É a primeira vez a que a PM utiliza drones para o trabalho na ilha. “Esses equipamentos são muito importantes, porque existem praias de difícil acesso até para as viaturas. Eles ajudam muito na fiscalização”, afirmou o major José Raimundo de Sousa Júnior, comandante do Destacamento da PM em Noronha.

A Polícia Militar trabalha em conjunto com o Corpo de Bombeiros  — Foto: Operação Covid-19/Cipoma

A Polícia Militar trabalha em conjunto com o Corpo de Bombeiros — Foto: Operação Covid-19/Cipoma

No sábado (8) e na segunda-feira (11), a Polícia Militar deteve dez pessoas que estavam surfando e tomando banho de mar. Todas foram levadas para a delegacia, assinaram termos circunstanciados e acabaram sendo liberadas.

“Nós identificamos surfistas e banhistas como drone e contamos com apoio do Corpo de Bombeiros para conduzir esses moradores até a delegacia, uma vez que estavam indo de encontro ao decreto estadual”, contou o comandante.

Os militares que operam os drones são do 4° Pelotão da Primeira Companhia Independente de Policiamento de Meio Ambiente (Cipoma).

“O comandante do pelotão, major Luiz Fernando Coelho de Oliveira, atendeu a uma solicitação administrador da ilha, Guilherme Rocha, para o apoio nesse momento”, disse major Sousa Júnior.

O destacamento da PM circula pelas ruas  — Foto: Operação Covid-19/Cipoma

O destacamento da PM circula pelas ruas — Foto: Operação Covid-19/Cipoma

Além da fiscalização pelo ar, a PM está trabalhando na ilha com apoio de seis viatura que circulam por Fernando de Noronha. Ao todo, 14 policiais fazem o monitoramento da ilha.

Fernando de Noronha registrou 28 casos de moradores com a Covid-19 e a ilha foi primeiro local do país a decretar restrições para de circulação dos moradores para conter o coronavírus. Todos os pacientes infectados tiveram cura clínica.

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui