Praia de Anchieta, no Sul do ES, é fechada com corrente por causa do coronavírus

0
58

Desde o início do isolamento social, adotado como medida de contenção da pandemia do novo coronavirus (Covid-19), as praias de Anchieta, no Sul do Espírito Santo, estão sem receber turistas. Já são 22 dias com os quiosques fechados. Na praia de Costa Azul, até correntes são usadas para impedir o acesso à faixa de areia.

De acordo com os moradores, as medidas adotadas têm surtido efeito. Eles dizem que, normalmente, na Semana Santa, o movimento nas praias é grande. Mas, agora, os locais estão desertos.

“Sabemos que isso é impactante, mas, neste momento, é extremamente necessário para que vidas sejam preservadas, para que a saúde de moradores e turistas não corra riscos”, ponderou o secretário de infraestrutura de Anchieta, Leonardo Abrantes.

O dono de um hotel na cidade, Augusto Ferrari, chegou a ter 70% de queda no movimento. O estabelecimento está fechado e o empresário entende a necessidade, mesmo com o prejuízo.

“A procura caiu muito e aconteceram muitas desistências. Alguns, tivemos que devolver valores. Outros, entenderam a situação e estão remarcando mais para frente”, contou Augusto.

Decretos

Em Anchieta, foram prorrogadas até o dia 30 de abril as suspensão das aulas, eventos de qualquer natureza e atividades para melhor idade.

Também foram ampliadas para o dia 22 de abril as restrições e as vedações de funcionamento de estabelecimentos comerciais, além da realização de cultos religiosos, velórios e acesso às praias do município.

Em Piúma, também no Sul do estado, um decreto foi publicado para proibir o acesso às praias.

Fiscais ficam nas entradas das praias para impedir o trânsito de vans e ônibus de turismo. Mas, de acordo com a prefeitura, esses tipos de veículo sequer foram vistos no local.

Praias no sul do ES têm acesso limitado por correntes durante pandemia do novo coronavirus — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Praias no sul do ES têm acesso limitado por correntes durante pandemia do novo coronavirus — Foto: Reprodução/TV Gazeta

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui