Prefeitura de Porto Nacional limita venda e consumo de bebidas alcóolicas e proíbe circulação de pessoas em praias

0
18

A prefeitura de Porto Nacional, na região central do estado, publicou um novo decreto com medidas restritivas para frear o contágio da Covid-19. Segundo o documento, entre as proibições estão a venda e o consumo de bebidas alcóolicas durante a noite e madrugada e a circulação de pessoas nas faixas de areia das praias da cidade. Confira aqui todas as mudanças.

O município informou que levou em consideração “o aumento do número de casos de infecção pelo novo coronavírus e informações expedidas pela Secretaria Estadual da Saúde que mostra a alta lotação dos leitos públicos e leitos complementares contratados de UTI Covid-19”.

Segundo a Prefeitura, o horário de funcionamento do comércio agora é das 6h às 23h. A medida não se aplica a atividades essenciais, como as de postos de combustíveis, farmácias, serviços hospitalares e hotelaria. Neste período o serviço de delivery é permitido apenas para entrega de alimentos.

A venda e o consumo de bebidas alcóolicas na cidade ficam proibidas entre 19h e 6h, inclusive em em bares, restaurantes, distribuidoras e congêneres que estiverem funcionando até às 23h. Conforme o documento, o consumo em espaços públicos e em estacionamentos de distribuidoras foi vedado em qualquer horário.

Os templos religiosos, parques, praças e áreas públicas continuam funcionando conforme o último decreto, que estabelece distância mínima entre os frequentadores, uso de máscara e higienização das mãos com álcool em gel. As igrejas também precisam viabilizar um horário exclusivo para a celebração de reuniões aos idosos e demais pessoas que se enquadram em grupos de risco da Covid-19.

A circulação de pessoas no período de meia-noite até as 5h fica proibida, exceto para deslocamentos de serviços ao município, supermercados e panificadoras. Além disso, está proibido circular nas faixas de areia das praias da cidade.

Segundo o decreto, o retorno das aulas presenciais foi suspenso pelo período de 15 dias ou até nova liberação do Comitê de Operações Emergenciais (COE).

O novo decreto prevê multa de de R$ 50 para as pessoas que forem flagradas trafegando em espaços públicos e privados sem máscara de proteção.

Números da Covid-19 em Porto Nacional

 

Conforme a Secretaria de Estadual de Saúde (SES), Porto Nacional está entre as cidades com mais casos de coronavírus no Tocantins. O boletim epidemiológico divulgado desta quinta-feira (25) apontou que o município já contabiliza 4.294 confirmações e 72 óbitos de pacientes que tiveram a doença.

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui