Prefeitura do Rio libera praia, self-service e pista de dança

0
17

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou nesta terça-feira (3) que a cidade já entrou na Fase Conservadora, a última etapa do plano de flexibilização das medidas contra a Covid-19.

Assim, a permanência na areia das praias já está liberada, com a possibilidade de aluguel de cadeiras e guarda-sóis a montagem de barracas, desde que seja mantido o distanciamento de 1,5 metro.

Ambulantes também podem voltar a vender bebida alcoólica, cuja comercialização estava suspensa.

Escolas da prefeitura já podem abrir

 

Escolas e creches privadas, que já podiam abrir de forma voluntária, agora estão autorizadas a atender alunos de todas as séries.

Na rede pública municipal de ensino, colégios e creches podem abrir voluntariamente — desde que a comunidade escolar assim decida.

Ainda não há data para a volta obrigatória das aulas presenciais nesse segmento.

Lojas e restaurantes

 

O comércio passa a ter horário livre de funcionamento.

Pistas de dança também podem voltar a funcionar — além da música ao vivo que já havia sido liberada.

Além disso, o sistema self-service já está liberado para bares e restaurantes.

Crivella anuncia a Fase Conservadora  — Foto: Reprodução/TV Globo

Crivella anuncia a Fase Conservadora — Foto: Reprodução/TV Globo

O anúncio foi feito durante coletiva do prefeito Marcelo Crivella, que ressaltou que as curvas de contágio na cidade estão controladas.

“É remota, nas condições atuais, chance de uma segunda onda na cidade do Rio de Janeiro”, disse Crivella.

 

Segundo o prefeito, o Comitê Científico decidiu por unanimidade neste domingo o início do período conservador, que não prevê impedimento das atividades econômicas desde que sejam cumpridos os protocolos sanitários e as chamadas regras de ouro.

Regras de Ouro da Prefeitura do Rio para a reabertura da cidade — Foto: Infografia: Fernanda Garrafiel/G1

Regras de Ouro da Prefeitura do Rio para a reabertura da cidade — Foto: Infografia: Fernanda Garrafiel/G1

Outras medidas da Fase Conservadora

 

  • Cai de 2 metros para 1,5 metro a distância mínima entre mesas em lanchonetes, bares, quiosques, cafés, restaurantes, padarias e lojas de conveniência.
  • A capacidade de lojas aumenta para uma pessoa a cada 3 m² — antes, eram 4 m² por cliente —, desde que não ultrapasse 2/3 da lotação máxima.
  • Essa regra dos 3 m² vale também para academias de ginástica.
  • Em salões de beleza, o cliente já pode ser atendido por mais de um profissional ao mesmo tempo, como cabeleireiro e manicure.
  • Visitas hospitalares estão permitidas.
  • Eventos esportivos de rua, como corrida, ciclismo e triatlo, estão permitidos.

 

Fases anteriores

 

Fase 1:

  • Atividades esportivas em centros de treinamento;
  • Atividades esportivas nos calçadões;
  • Atividade aquática individual no mar ( como natação ou surfe);
  • Celebrações em igrejas (com protocolo de desinfecção);
  • Lojas de móveis e decorações;
  • Concessionárias de automóveis.
  • Na primeira fase, não foram permitidas atividades na faixa de areia, como o aluguel de barracas de praia ou as escolinhas de esportes. Saunas e piscinas continuam vedadas.

 

Fase 2:

  • Shoppings entre 12h e 20h, com restrições de movimentação;
  • Competições esportivas com portões fechados.

 

Fase 3:

  • Todos os comércios, com restrição de circulação;
  • Bares e restaurantes abertos, com 50% da capacidade;
  • Academias abertas com agendamento e distanciamento;
  • Luta e dança, sem contato físico;
  • Atividades de crossfit;
  • Creches, desde que pais estejam trabalhando;
  • Salões de beleza, tatuagem e estética, com restrições;
  • Praias e parques abertos, sem aluguel de cadeira e barraca;
  • Áreas de lazer;
  • Atividades culturais em espaço aberto, sem aglomeração;
  • Competições esportivas com com portões fechados.

 

Fase 4:

  • Pontos turísticos com um terço da capacidade;
  • Atividade em espaço cultural fechado, com restrição de capacidade.

 

Fase 5:

  • Diminuição de restrições de capacidade em quase todos setores (bares, restaurantes, estádios, cinemas etc);
  • Liberação de banhista nas praias, mas apenas na água;
  • Parques abertos, sem aglomeração.

 

Fase 6A:

  • Museus;
  • Galerias de artes;
  • Parques de diversão;
  • Bibliotecas;
  • Centros culturais.

 

Fase 6B:

  • Eventos em espaços abertos;
  • Shows;
  • Festas com restrição de lotação (casamentos, bodas, aniversários, formaturas, confraternizações, coquetéis, inaugurações, lançamentos, cerimônias oficiais e diplomáticas podem acontecer, mas com um terço da capacidade de público);
  • Lonas, circos e feiras culturais (com distanciamento de 4 m² por pessoa).

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui