Restrição a horário do comércio e uso de praias e parques em Palmas; veja as regras

0
54

Com 27.877 infectados, Palmas é a cidade do Tocantins com maior número de casos da Covid-19. Desde o início da semana, a cidade está sob restrições ao funcionamento do comércio, que só pode ficar aberto até às 20h. As regras continuam incluindo a proibição do consumo de álcool em espaços públicos. O uso das faixas de areia das praias não está permitido, além disso o Parque Cesamar ficará fechado nesse fim de semana.

Nesta sexta-feira (26), novas medidas foram adotadas, como por exemplo, a limitação na quantidade de passageiros do transporte público.

Nesse fim de semana, quem for sair para jantar ou ir ao shopping, deve lembrar que as atividades não essenciais só podem funcionar até às 20h. O horário restrito se aplica a todas as atividades comerciais, igrejas, escolas, parque e praças. Seguem funcionando normalmente postos de combustíveis, farmácias, serviços hospitalares e serviços de hotelaria.

O consumo de bebidas alcoólicas também está proibido em espaços públicos e em estacionamentos de distribuidoras, conveniências, hipermercados, supermercados e mercados. Todos os tipos de eventos particulares que possam gerar aglomerações também estão suspensos, tanto na área urbana como na rural.

Também ficam mantidas restrições que já estavam em vigor, como a realização de shows, o funcionamento de boates e também a utilização dos píeres 1 e 2 localizados na Praia da Graciosa e de embarcações no lago. O Parque Cesamar vai ficar fechado aos fins de semana e não é permitido o uso das faixas de areia das praias.

Ônibus com 50% da capacidade

 

Ao longo da semana, a TV Anhanguera mostrou ônibus lotados por passageiros na capital. Na próxima semana, a situação deve mudar. Isso porque o município determinou que, a partir da próxima segunda-feira (1º), deve ser usado 100% da frota destinada ao transporte coletivo urbano e rural, de caráter público ou privado, com lotação limitada a 50% da capacidade total de usuários.

Outra medida anunciada pelo município foi a suspensão de atividades presenciais em escolas, berçários, cursinhos, públicos ou particulares, e em instituições de ensino superior.

Além disso, os servidores públicos municipais, aos quais executam atividades que não exijam a permanência nos prédios públicos, passarão a trabalhar em home office . As medidas vão valer entre os dias 1º e 15 de março.

A fiscalização será feita pela Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais. O município também poderá solicitar apoio das forças de segurança do estado.

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui