SC registra descumprimento às restrições contra a Covid-19 em praias e festas clandestinas

0
30

Novamente o fim de semana em Santa Catarina teve registro de descumprimento ao decreto estadual de medidas para evitar o contágio da Covid-19. A fiscalização flagrou pessoas promovendo aglomerações e fazendo festas clandestinas ou permanecendo na areia das praias, o que está proibido.

Houve registro de descumprimento das normas neste sábado (27) e domingo (28) e um estabelecimento foi inteditado em Florianópolis.

O decreto atual só permite eventos na modalidade online. Em relação aos espaços públicos, como praias, parques e praças, as pessoas só podem circular nesses locais para a prática de exercício individual.

Flagrantes

Em Florianópolis, uma força-tarefa faz um trabalho de fiscalização desde sábado. Na Praia Mole, foi flagrada aglomeração de pessoas sem máscara ou distanciamento social no sábado. Restaurantes e lojas também foram vistoriados.

Aglomeração na Praia Mole, em Florianópolis, no sábado (27) — Foto: SSP/Divulgação

Aglomeração na Praia Mole, em Florianópolis, no sábado (27) — Foto: SSP/Divulgação

Um estabelecimento no Centro da cidade foi interditado no sábado. De acordo com o subcomandante da Guarda Municipal, Ricardo Pastrana, o local funcionava de forma correta até a passagem da fiscalização. Porém, depois os guardas receberam denúncias de que havia mais gente do que o permitido, elas estavam sem máscara e havia venda de bebidas alcoólicas para consumo no local depois das 18h, o que é proibido pelo decreto estadual.

Em seguida, a Guarda Municipal voltou ao estabelecimento, que foi interditado. As pessoas foram retiradas do local. Até 13h15 de domingo, 11 lugares fiscalizados tinham alguma irregularidade, um foi advertido e duas multas foram aplicadas, de acordo com o subcomandante.

Força-tarefa fiscaliza estabelecimento em Florianópolis — Foto: GMF/Divulgação

Força-tarefa fiscaliza estabelecimento em Florianópolis — Foto: GMF/Divulgação

A força-tarefa verifica itens como uso correto de máscaras, distanciamento social, disposição de mesas e cadeiras, disponibilização de álcool em gel, sistema de ventilação, exposição dos alvarás de funcionamento em locais visíveis e outros regramentos. Os agentes também retornam em locais anteriores com histórico de problemas para averiguar o andamento das melhorias pedidas.

Neste domingo, os guarda-vidas de Itapoá, no Norte, trabalham na orientação de pessoas que descumprem o decreto em relação às praias. Houve flagrante de banhistas na areia com guarda-sol e cadeiras.

Guarda-vidas orienta banhistas em Itapoá — Foto: Praia de Itapoá/Divulgação

Guarda-vidas orienta banhistas em Itapoá — Foto: Praia de Itapoá/Divulgação

Em Jaguaruna, no Sul do estado, perto de 1h50 a Polícia Militar flagrou uma aglomeração de pessoas na areia da praia no Balneário Esplanada. No local, quatro veículos estavam estacionados e cerca de 15 jovens faziam uma festa clandestina com som alto.

Foi feita abordagem e as pessoas e veículos foram revistados, já que, segundo a PM, os participantes da festa tiveram atitudes suspeitas ao perceberem a presença da polícia. Os jovens maiores de idade vão responder a um termo circunstanciado. A PM não informou quantos adultos e quantos menores estavam na festa clandestina.

Polícia Civil fiscaliza estabelecimentos na Praia Mole, em Florianópolis, no sábado (27) — Foto: SSP/Divulgação

Polícia Civil fiscaliza estabelecimentos na Praia Mole, em Florianópolis, no sábado (27) — Foto: SSP/Divulgação

Também no Sul, em Orleans, a PM flagrou uma aglomeração em um bar na SC-108, perto das 20h de sábado. Sete pessoas estavam consumindo bebida alcoólica no local, o que também está proibido pelo decreto estadual entre 18h e 6h. Elas estavam aglomeradas e sem máscara, segundo a polícia.

O dono do bar disse à PM que as pessoas eram amigas dele e que não havia atendendo o público. Os policiais fizeram um boletim de ocorrência contra ele e houve dispersão da aglomeração.

Em Porto União, no Norte, a PM fiscalizou cinco locais na noite de sábado por causa de denúncias de aglomeração e perturbação do sossego. As pessoas envolvidas foram orientadas quanto às normas do decreto estadual.

Situação da Covid-19 em SC

O governo de Santa Catarina confirmou no sábado (27) mais 101 mortes pela Covid-19 em 24 horas. No total, 10.419 pessoas morreram no estado desde março de 2020. As 16 regiões continuam pela quinta semana consecutiva em situação gravíssima para a doença. Os hospitais estão cheios e há 382 pessoas na fila de espera por UTI-Covid.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui