Carro de som nas praias de Guarujá, SP, pede que banhistas voltem para casa; veja

0
136

Os banhistas que estavam nas praias de Guarujá, no litoral de São Paulo, na tarde desta quarta-feira (18), foram surpreendidos por um carro de som que pedia para que eles voltassem para casa. A medida, realizada pela prefeitura da cidade, visa conter o avanço da infecção pelo novo coronavírus na Baixada Santista. Segundo o último balanço das secretarias de saúde, as nove cidades da Baixada Santista acompanham 95 casos suspeitos da doença.

A ação faz parte de uma campanha de conscientização da administração municipal, junto com a Defesa Civil e Secretatia Municipal de Saúde, para alertar a população que, mesmo após as orientações do Governo de Estado de São Paulo de evitar aglomerações, continua indo às praias.

“O último fim de semana parecia época de temporada de verão e o momento não é para isso. O coronavírus é uma enfermidade que pode provocar sérias consequências. Evitar aglomeração é a palavra de ordem. Essa é uma medida dura, mas se necessário tomaremos medidas ainda mais severas”, explicou o prefeito de Guarujá, Valter Suman.

O carro de som passou por diversas praias da cidade emitindo a mensagem: “Senhores, senhoras e banhistas, evitem aglomerações nas praias, por favor. Para sua segurança, dos seus vizinhos, amigos e familiares, volte para casa. O momento é de conscientização. Faça a sua parte e ajude a prevenir e controlar o coronavírus. Você sempre conta com o Corpo de Bombeiros e as autoridades locais, queremos contar com você.”

De acordo com Suman, a ação ocorrerá duas vezes por dia nas principais praias da cidade, com acompanhamento da Guarda Civil Municipal, Defesa Civil e equipes da Secretaria de Saúde do município.

Prefeito de Guarujá (SP), Valter Suman, orientou banhistas para que eles evitem aglomerações — Foto: Addriana Cutino/G1Prefeito de Guarujá (SP), Valter Suman, orientou banhistas para que eles evitem aglomerações — Foto: Addriana Cutino/G1

Prefeito de Guarujá (SP), Valter Suman, orientou banhistas para que eles evitem aglomerações — Foto: Addriana Cutino/G1

Estado de emergência

Apesar de não registrar nenhum óbito pela doença, Guarujá decretou estado de emergência em saúde pública em razão da epidemia de coronavírus no Brasil nesta quarta-feira.

“Declarei emergência por que em São Paulo está aumentando o número de mortes e casos confirmados e as cidades da Baixada Santista são quase que bairros da capital paulista”, explicou o prefeito.

Com a medida, a prefeitura fica autorizada a comprar ou locar materiais, serviços e produtos, sem necessidade de licitação, para atuar na prevenção e tratamento da Covid-19.

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui