Pernambuco anuncia crédito para comerciantes de praia e adianta retomada da atividade dos barraqueiros, ainda sem data

0
29

Horas depois de um protesto de barraqueiros e ambulantes que trabalham nas praias de Pernambuco, o governo anunciou uma linha de crédito de até R$ 3 mil para os comerciantes que trabalham na faixa de areia, nesta quinta (20).

Em coletiva de imprensa transmitida pela internet, a gestão estadual também informou que a retomada do trabalho dessas pessoas ocorrerá na etapa oito do Plano de Convivência com a Covid-19, mas ainda não há data prevista.

Atualmente, o litoral pernambucano está na sétima etapa do Plano de Convivência. Por mais uma semana, o governo decidiu não fazer nenhuma reabertura, com base nos números da pandemia no estado. As únicas cidades em que haverá avanço são Petrolina e Salgueiro, no Sertão, que poderão reabrir serviços de alimentação das 6h às 20h e academias de ginástica, com novos protocolos.

Segundo o secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, haverá uma carência de três meses para os trabalhadores que buscarem a linha de crédito.

“Por determinação do governador Paulo Câmara, estamos abrindo uma linha de crédito de até R$ 3 mil, para os comerciantes da faixa de areia, iniciando por aqueles que trabalham em Boa Viagem [na Zona Sul do Recife]. O crédito será com 1,49% de juros ao mês, com pagamento em até 15 vezes, com três meses de carência”, afirmou o secretário.

Na manhã desta quinta, os comerciantes que trabalham na praia realizaram um protesto pedindo a reabertura do comércio na orla, tanto no Recife quanto em outras praias da Região Metropolitana. O grupo ocupou a Avenida Boa Viagem na altura da praça do bairro, na Zona Sul da capital, por volta das 10h. O trânsito foi desviado para a Avenida Conselheiro Aguiar. Às 12h30, a via estava liberada.

Barraqueiros e ambulantes protestam pedindo retomada das atividades comerciais em praias

“A reabertura do comércio de praia vai para a etapa oito, porque estivemos em diálogo com os municípios e associações de representantes do setor e estamos finalizando o protocolo que será publicado até a segunda (24). Esses comerciantes, além de respeitar o protocolo geral, também deverão respeitar normativas específicas para cada município”, declarou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach.

Treinos esportivos

O secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio, afirmou que, a partir da segunda-feira (24), será permitido retomar os treinos de esportes coletivos, apenas para atletas federados.

“Ficam autorizados treinamentos de atletas federados, acima de 12 anos de idade, para esportes como vôlei, basquete e handebol. Eles estão liberados para realizar treinamentos. Ainda não estão autorizadas atividades de lazer e iniciação esportiva, como escolinhhas de futebol”, afirmou.

Protesto de ambulantes

Este foi o terceiro protesto dos comerciantes de praia, no mês de agosto. Os trabalhadores estão parados há cinco meses, desde quando um decreto estadual suspendeu as atividade nas praias de Pernambuco, como medida de contenção ao avanço da Covid-19. O banho de mar foi já autorizado pela prefeitura do Recife.

Os manifestantes alegaram que o prazo dado pelas autoridades para divulgar uma data para a reabertura do comércio nas praias terminou terça-feira (18).

Barraqueiros de praias do Recife fazem protesto em Boa Viagem, na Zona Sul

Em 4 de agosto, os manifestantes se reuniram no Parque Treze de Maio, no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife. Na data, eles foram recebidos no Palácio do Campo das Princesas, pelo secretário-executivo de Articulação e Acompanhamento, Eduardo Figueiredo. O governo afirmou que entraria em contato com os trabalhadores no dia 12 de agosto.

No dia 14 do mesmo mês, os manifestantes voltaram a se reunir na Avenida Boa Viagem, reclamando de falta de diálogo e pedindo a retomada das atividades.

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui