Viaje para Ilhéus – BA

0
73

Um dos points do surf do Nordeste brasileiro, Ilhéus também tem águas calmas, como as das praias dos Milionários, do Sul e de São Miguel, as preferidas dos nativos e dos turistas.

Foram os caprichos da natureza – o cacaueiro é tipicamente equatorial, mas em Ilhéus se adaptou melhor que encomenda – que permitiram à cidade atingir seu apogeu no início do século 20. As lembranças da época continuam presentes no Centro Histórico, repleto de casarões e palacetes erguidos pelos barões em estilo neoclássico. Porém, alguns estão em péssimo estado de conservação.

Ilheús: Tour inclui visita às plantações<br>

Ilheús: Tour inclui visita às plantações
Foto: João Ramos – Bahiatursa

Os antigos pontos de encontro dos ricos comerciantes também permanecem de pé, como o Bar Vesúvio e o Cabaré Bataclan, presentes nas obras do ilustre filho adotivo Jorge Amado. Em homenagem ao escritor, que tão bem retratou as belezas e as histórias da cidade, a residência onde passou a infância foi transformada em Casa de Cultura.

Casarões neoclássicos abrigam espaços históricos como o Bar Vesúvio e o Cabaré Bataclan

O sabor dos tempos áureos também não foi perdido. Algumas fazendas da região estão abertas à visitação e permitem conhecer o processo de cultivo do cacau desde a plantação até o processo pós-colheita, incluindo, claro, uma degustação.

Até mesmo a primeira fábrica de chocolates caseiros do Nordeste funciona a todo vapor, oferecendo as delícias com recheios e formas diversas.

A riqueza histórica e cultural da região reflete na natureza. É em Ilhéus que fica a Estrada Parque, a primeira rodovia ecológica do país, com praias selvagens, manguezais, cachoeiras… tendo como ponto final a bela Itacaré, salpicada de praias desertas e protegidas por costões.

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui