Rio libera bares e restaurantes a partir de sexta-feira (9) e prorroga outras medidas restritivas

0
12

A Prefeitura do Rio de Janeiro publicou um decreto que flexibiliza algumas medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19 a partir da próxima sexta-feira (9) – e mantém algumas restrições.

Regras determinadas pelo município na semana passada, no período chamado de “pausa emergencial”, foram prorrogadas até quinta-feira (8).

Na prática, de segunda (5) a quinta escolas e órgãos não essenciais da administração pública serão autorizados a retomar o funcionamento.

Eduardo Paes: “Adoraríamos abrir a cidade. Não dá ainda”

A partir de sexta é que outros estabelecimentos como comércios, clubes, bares, restaurantes e outros serão autorizados a reabrir (veja quais são abaixo).

Praias, parques, cachoeiras e outros continuarão proibidos (confira a relação completa no fim do texto).

O governo estadual ainda não se pronunciou sobre uma possível flexibilização.

Praia de Copacabana (Arquivo) — Foto: Marcello Cavalcanti/Arquivo pessoal

Praia de Copacabana (Arquivo) — Foto: Marcello Cavalcanti/Arquivo pessoal

O que pode abrir e horário

A partir de segunda-feira (5):

  • Escolas municipais* e particulares voltam a funcionar

*As escolas municipais vão abrir na segunda-feira apenas de forma administrativaAulas presenciais a partir de terça-feira (6), mas somente nos colégios que já estavam funcionando antes da “pausa emergencial”.

A partir de sexta-feira (9), até as 21h*:

  • Bares
  • Lanchonetes
  • Restaurantes
  • Quiosques da orla

*Após esse horário, podem funcionar apenas delivery.

Também a partir de sexta, das 11h às 21h:

  • Clubes

Entre 12h e 21h

  • Serviços

Das 10h às 18h

  • Comércio*

*Segundo a prefeitura, “as atividades no interior de shopping, centros comerciais e galerias de lojas, deverão funcionar observando as restrições de horário”.

E das 12h às 21h

  • Museus
  • Zoológico
  • Galerias
  • Bibliotecas
  • Cinemas
  • Teatros

Continua proibido

  • Ficar na areia da praia
  • Comércio de ambulantes
  • Danceterias e boates
  • Entrada de ônibus intermunicipais fretados com turistas
  • Eventos
  • Parques e cachoeiras
  • Festas públicas e particulares
  • Rodas de samba
  • Feiras, exposições e congressos
  • Exercícios e esportes coletivos*

* Continuam proibidos exercícios e esportes coletivos, inclusive circuitos e similares, orientados por professores de educação física, seja em áreas abertas ou fechadas, como academias e outras áreas particulares.

A prefeitura informou que também não é permitida “pelada” em praças, quadras e afins. Somente atividades individuais estão liberadas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui