Toninha é achada morta por banhistas em praia de Mongaguá, SP

0
28

Uma toninha (Pontoporia blainvillei), espécie de golfinho, foi encontrada morta na faixa de areia de uma praia de Mongaguá, no litoral de São Paulo. Banhistas acharam o animal na manhã desta terça-feira (12)

De acordo com o Instituto Biopesca, que executa o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), uma equipe foi ao local após ser acionada por um banhista, por volta das 8h.

A carcaça foi recolhida e encaminhada à Unidade de Estabilização de Animais Marinhos do IBP, em Praia Grande. Segundo o Biopesca, no local, serão realizadas necropsia e análises laboratoriais, para que a causa da morte seja investigada.

O instituto ainda informa que a toninha está ameaçada por diversas atividades humanas, como a degradação dos ambientes costeiros, a presença de lixo nos oceanos, a poluição e a interação com a atividade pesqueira.

A captura acidental em redes de emalhe é uma das principais causas de mortalidade da espécie. Ao ficar preso na rede, o animal não consegue ir à superfície para respirar e morre afogado.

O Instituto Biopesca é uma das instituições executoras do PMP-BS, uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Para resgate ou recolhimento de animais, o instituto pode ser acionado pelos telefones 0800-6423341 (horário comercial) ou (13) 99601-2570 (WhatsApp e chamada a cobrar).

 

site do café

DEIXE UMA RESPOSTA

Avalie*
Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui